quinta-feira, 9 de julho de 2009

MENSAGEM AOS LÍDERES - Por Marcos Witt

Mateus 20:20-28

20 Então, se chegou a ele a mulher de Zebedeu, com seus filhos, e, adorando-o, pediu-lhe um favor.
21 Perguntou-lhe ele: Que queres? Ela respondeu: Manda que, no teu reino, estes meus dois filhos se assentem, um à tua direita, e o outro à tua esquerda.
22 Mas Jesus respondeu: Não sabeis o que pedis. Podeis vós beber o cálice que eu estou para beber? Responderam-lhe: Podemos.
23 Então, lhes disse: Bebereis o meu cálice; mas o assentar-se à minha direita e à minha esquerda não me compete concedê-lo; é, porém, para aqueles a quem está preparado por meu Pai.
24 Ora, ouvindo isto os dez, indignaram-se contra os dois irmãos.
25 Então, Jesus, chamando-os, disse: Sabeis que os governadores dos povos os dominam e que os maiorais exercem autoridade sobre eles.
26 Não é assim entre vós; pelo contrário, quem quiser tornar-se grande entre vós, será esse o que vos sirva;
27 e quem quiser ser o primeiro entre vós será vosso servo;
28 tal como o Filho do Homem, que não veio para ser servido, mas para servir e dar a sua vida em resgate por muitos.


O Bom Pastor

“Entre vós não será assim”. Cinco palavras apenas que fazem toda a diferença.

O bom pastor é o que dá a vida pelas ovelhas (Jo 10:11). Não sou eu quem o diz. É a Bíblia que o diz. São palavras de Jesus. Existem hoje muitos Pastores que dizem às pessoas que têm que dar a sua vida por eles. Mas a verdade permanece: o bom Pastor não é o que pede as vidas das ovelhas, é o que dá a vida pelas ovelhas.
Chega de ditadores; queremos pastores.

Tenho uma dor no coração por ovelhas magoadas.
Os Pastores são chamados a pastorear suavemente. Há muitas ovelhas perdidas, destroçadas e magoadas por pastores.
Precisamos de Pastores que amem mais as ovelhas do que a sua posição de Pastor.

Posição ou Serviço

Dois discípulos de Jesus estão mais interessados em posição do que em servir. Dois mil anos depois os discípulos estão mais preocupados com visibilidade do que em serviço.
Muitas pessoas hoje querem ser tratados por grandes títulos. Hoje está na moda líderes quererem ser tratados por Profetas ou Apóstolos.
O Senhor mostrou e disse que não precisamos de títulos; precisamos trabalhar.
A mãe dos filhos de Zebedeu foi dar ordens a Jesus. “Ela respondeu: Manda que, no teu reino, estes meus dois filhos se assentem, um à tua direita, e o outro à tua esquerda.” (v.21). Quando vamos compreender que não damos ordens ao Senhor dos senhores? Recebemos ordens de Jesus porque nós é que somos os servos.

Pessoas que buscam visibilidade estão loucas. Não sabem o que dizem (nem o que fazem). Jesus disse “não sabeis o que pedis”. Os dois discípulos disseram “podemos”. Não sabiam o que falavam.

A reacção dos outros dez é impressionante. Indignaram-se com os outros dois. A razão para ficarem assim é que queriam aqueles lugares também.
Todo o mundo quer visibilidade. E quando vamos servir as ovelhas?!

Liderar = Levar as pessoas a dependerem de Deus

Jesus dá conta que existia um problema com os discípulos. Ainda hoje persiste este problema.
Muitos Pastores estão sempre a dizer aos outros o que fazer; como viver. Como devem usar o cabelo; como se vestir; com quem casar; etc. Esquecem-se que não são o Espírito Santo. Precisam ensinar os outros a não dependerem deles; a dependerem de Deus.
Há Pastores que dizem que Deus só fala através deles; que só eles é que ouvem a voz de Deus. Sabes o que digo às pessoas que têm ou conhecem pastores assim? Vai para bem longe deles!!!
Deus não nos chamou para ensinarmos as pessoas como viver, ou o que fazer. Chamou-nos para ensinarmos os princípios da Palavra de Deus. E os princípios da Palavra de Deus vão ensinar as pessoas a viver.

Ouvir os outros

A minha paixão é ver líderes que não vão ser como alguns políticos ou patrões, que não deixam as pessoas pensar, falar, expressar-se.
Jesus disse: “entre vós não será assim”.
Precisamos compreender que as pessoas que lideramos também têm mente, boca e coração.

Numa reunião com os meus líderes, apresentei aquele que achava ser um plano maravilhoso para o nosso futuro. Desenhei num quadro as várias propostas que tinham vindo ao meu coração. Estava muito entusiasmado. Quando terminei não houve a receptividade que esperava. Um dos meus colaboradores mais jovens disse “interessante…”. Nessa altura começou a remexer-se algo dentro de mim. Alguns líderes teriam estraçalhado aquele colaborador naquele momento. Mas o jovem continuou. Levantou-se, dirigiu-se ao quadro, agarrou num marcador e começou a riscar o meu projecto “glorioso”. E disse: “De tudo o que falou, isto é o que se aproveita e se juntarmos isto”, escreveu a sua ideia, “creio que poderemos alcançar mais”. Quando ele terminou percebi que com o seu contributo a minha ideia tinha ficado melhor. Se dermos oportunidade para os outros falarem e darem o seu contributo, poderemos ir mais longe. Vou dizer-vos uma coisa que é importante anotar: Uma grande ideia é o resultado de muitas boas ideias.

Chega de ditadores; queremos pastores…

A questão da visibilidade

Alguns de vós irão ter visibilidade. Mas que isso não seja através de negociações e esquemas. Isso pertence ao Pai conceder. Quando alguém está num lugar de visibilidade colocado por Deus, as pessoas dão glória a Deus porque é obra de Deus. Deus colocou-me num lugar de visibilidade. Mas eu nunca procurei isso. Eu só queria servir. Essa é até a parte do meu ministério que mais me incomoda.
Alguns não irão ter visibilidade. Isso não vos torna com menos valor do que os outros. Deus dispõe cada um como Ele quer. Somos todos servos e a Ele toda a glória!

Marcos Witt
Colocado em 02.07.09

Um comentário:

Obrigado pela visita, deixe aqui seu comentário.